Publicado por: Marcio Ramos | 29/07/2010

A maratona dos eventos imperdíveis

Segunda-feira à noite o amigo manda torpedo avisando que apareceram convites para a festa fechada com A frequência, NO lugar, dentro de poucas horas. Preso entre a hora extra no escritório e o treino na academia, você só lê o texto no fim da noite quando vai programar o celular para despertar na manhã seguinte. Já era.

No meio da manhã de quarta a ex-colega de trabalho, de quem você gosta, telefona. Intimação para almoço de reencontro da antiga e querida equipe, lá do outro lado da cidade naquele restaurante badalado, no mesmo dia. Isso bem naquela semana em que, para você, não rola estender muito os lunch breaks. O jeito é declinar o convite, com dor no coração.

Vida de adulto paulistano na faixa dos vinte (ou trinta) tem dessas coisas. Muitos eventos, pouca agenda. Essa situação reflete a etapa em que você quer se desdobrar atendendo a diversas demandas pessoais e profissionais. Somando-se a isso há o momento onde o salário já não é tão ruim e é capaz de bancar a vida social sem muito drama. A consequência é um saldo de hiperatividade que, mesmo com pouco espaço para noites com mais de seis horas de sono, não dá conta da quantidade de possibilidades das quais se é obrigado a abrir mão.

Em parte é ruim. Vira e mexe bate aquela ansiedade de querer viver o que há de mais válido e sentir que não há tempo, de querer investir ainda mais no profissional e notar que não rola emendar hora extra com cursos puxados e freelas. Surge o receio de disperdiçar oportunidades, sejam elas de aprimoramento, networking ou pura diversão hedonista.

Por outro lado, existem as compensações. Afinal, é melhor ter convites sobrando do que faltando, fato que faz das renúncias necessárias e das noites em claro partes de uma maratona divertida.

Sendo o saldo positivo, a correria compensa. E por conta disso, você conclui que é hora de encerrar o papo e partir. O telefone toca, e você aposta que do outro lado da linha há alguém pronto para te avisar que a balada mais “imperdível” é a que você está perdendo nesse exato momento.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: